Criação de Landing Pages: 11 Regras essenciais para a conversão

08 Mar, 2021 | Marketing e comunicação [digital]

A criação de Landing Pages requer conhecimento de algumas regras muito básicas, caso contrário não terá conversões.

Em primeiro lugar tem de compreender o que é uma Landing Page e quando precisa de criar uma. Não tem de criar Landing pages para tudo e mais alguma coisa. Devem ser utilizadas em casos específicos e que se justifique.

Este não é um guia completo, com as respostas a todas as suas questões, nem uma solução única. Não existe uma fórmula mágica para criar uma Landing Page que converta pois existem diferentes tipos de objectivos. Acima de tudo existem algumas regras básicas que deve ter conhecimento e aplicar apenas onde se adequam.

Criação de Landing Pages: Regras essenciais para a conversão

O que são Landing Pages?

São páginas destinadas a um objectivo específico, e cujo principal foco é a conversão dos visitantes em clientes ou leads. Por isso mesmo devem ter um objectivo único e um CTA (Call to action) único. Não coloque distrações na sua Landing Page pois irá perder utilizadores e não garante a conversão que procura.

Ter muitas visitas na sua loja online que nunca compram não é propriamente uma coisa má, mas na realidade não está a conseguir atingir o seu objectivo Esta é uma das razões porque se criam Landing Pages: criam-se páginas específicas para conquistar determinado perfil de utilizadores.

O ponto de partida de qualquer Landing page é o objectivo principal e o perfil do público a quem se dirige. Por isso deverá ter já criada uma estratégia de comunicação e de marketing digital para ter objectivos definidos, um público-alvo identificado e os meios mais adequados para efectuar a sua comunicação digital.

Regras essenciais para a criação de Landing pages

#1 Cada Landing Page deve ter apenas 1 único objectivo final

Por exemplo, comprar um produto, pedir um catálogo, preencher um formulário de contacto, etc.

#2 Ter um único público alvo específico

Deve recolher todos os dados possíveis sobre o perfil dos utilizadores que procura atingir com a sua Landing Page. Crie uma persona, conheça o seu estilo de vida e os seus gostos e interesses, de forma a poder construir uma comunicação global bem direccionada.

#3 Mensagem focada e segmentada

Conteúdo mínimo exigível para uma Landing Page de sucesso e que tem forçosamente de ir de encontro da audiência, da sua origem e da etapa da jornada em que se encontra o consumidor para se saber ao certo o que incluir na página.

  • Um título forte,
  • Uma proposta de valor única,
  • Uma chamada para ação irrecusável (CTA),
  • Uma única foto de produto
  • Remova uma boa parte da confusão do visitante, que é a responsável por produzir baixas conversões

Procure escrever parágrafos curtos, simples e directos ao assunto.

#4 Solicite única e exclusivamente os dados necessários

Faça questão de solicitar apenas os dados necessários, mas nunca de menos de forma a garantir que as suas conversões são úteis. Deve incluir todos os campos que se considerem necessários para garantir que os utilizadores estão mesmo interessados.

#5 Sem distrações

As Landing Pages por regras não têm links externos, ou seja, que levem o utilizador para outra página. Toda a mensagem deve ser clara e todos os links devem conduzir sempre ao mesmo local de conversão.

#6 Imagem útil

A imagem principal deve ilustrar bem a sua oferta. Deve ser adequada ao público e trazer mais valias para levar à acção que pretende.
A imagem certa diz mais que muitas palavras. É preciso conhecer o perfil do visitante para saber os seus gostos e interesses. A utilização do vídeo é também uma boa opção, pois permite explicar de forma detalhada a oferta e benefícios.

#7 Escolha as cores certas

As cores a seguir devem ser quase sempre as da marca ou as que os consumidores já associam à marca. As cores fazem parte do design da Landing Page e devem ter coerência com o website que os utilizadores eventualmente já conhecem.

No caso de criar uma Landing Page que seja direccionada a utilizadores que ainda não têm contacto com a marca ou não a conhecem bem, vai querer que passem a conhecer e associar a Landing Page a uma determinada marca.

#8 Call to Action

O CTA é a acção que pretende que os utilizadores executem na Landing Page. Talvez se possa considerar como a secção onde deve ter mais cuidado e atenção na criação de Landing Pages.

Ao criar a sua Landing Page tenha atenção se o seu CTA inclui estas considerações:

  • Tenha uma CTA bem definido e destacado sem distrações. Aqui pode e deve utilizar uma côr diferente e que chame a atenção. Não vai querer que passe despercebido.
  • O CTA deve ser óbvio e demonstrar bem a acção que se deseja que seja tomada pelo visitante, sem medos.
  • Pode utilizar uma cor que seja distinta da marca de forma a chamar à atenção. E tenha em conta a Psicologia das cores para saber quais as que funcionam melhor.
  • Crie testes de cores e opções diferentes caso tenha dúvidas sobre qual funciona melhor. Crie testes A/B.

O CTA não é apenas um botão mas tudo o que o envolve, que deve ser apenas o necessário sem distrações:

  • Começar sempre pelo benefício que oferece
  • Fechar com reforço da motivação
  • Direccionar para a acção (CTA).

#9 No primeiro écran é onde está o ganho

Acção pretendida deverá ser apresentada, preferencialmente no primeiro écran (above the fold). Quando não faz sentido incluir desde logo o formulário ou compra, deve ter pelo menos um botão/CTA que leve o utilizador para a secção onde poderá converter (comprar, preencher formulário, resgatar a oferta ou registar-se).

#10 Mobile friendly

Nos dias actuais criar uma Landing Page que não funcione bem em telemóveis não faz sentido pois cada vez mais os utilizadores utilizam estes dispositivos para pesquisa e compras online.

Teste a sua Landing Page em diferentes tamanhos de dispositivos para garantir que tudo funciona bem.

#11 Página de agradecimento

Porque é que se deve criar uma página de agradecimento para as Landing Pages, se uma simples mensagem é suficiente?

Esta página é o local onde pode encaminhar os utilizadores após terem realizado o seu objectivo. Pode encaminhá-los para o local que considera mais adequado como forma de agradecimento e para reforçar a sua mensagem. Além disso pode ter interesse em conduzi-los para onde possam já estar preparados para concretizar um novo objectivo ou acção.

A página de agradecimento não é obrigatória, mas recomendada. Vai simplificar a mediação de resultados e pode criar públicos personalizados de acordo com variáveis que tenha na sua Landing Page. Além disso é um bom local para cativar o público a concluírem outra acção.

Criação de Landing Pages: quais as vantagens

  • Aumento de taxas de conversão
  • Mais fácil de analisar resultados: possível medir resultados e eventualmente reduzir custos ao analisar as campanhas que gerem mais ou menos vendas
  • Testes A/B facilitados
  • Maior segmentação de público
  • Ajuda a compreender regras para optimizar o seu site em geral
  • O utilizador não sai da mesma página e não se perde

Porquê e quando criar uma Landing Page com plataformas específicas

  • Para ter maior liberdade de criação & design
  • Permite mudança de forma mais ágil e testar sempre que necessário
  • Para criar facilmente Teste A/B: Medir resultados e ver as melhores opções
  • Dá-lhe a oportunidade de co-branding com afiliados

Com tudo isto, como saber o que é melhor para o teu negócio? Cada negócio é diferente de todos os outros e tem um público-alvo único. Como saber se o copy está a funcionar? Ou se o posicionamento do teu CTA é o mais indicado? Se as cores estão a surtir o efeito desejado? E a imagem está a causar impacto?

Com testes A/B pode lançar uma variação de cada vez durante um determinado período de tempo., É muito mais eficiente e rápido optimizar fazendo testes A/B, com softwares que permitem lançar ao mesmo tempo duas variações, como que se estivessem a competir entre elas, e no final recolher os dados e escolher a vencedora. Não se perde tanto tempo e dinheiro com campanhas e Landing Pages que não obtêm resultados.

Em conclusão: Criação de Landing Pages que convertem de forma mais eficaz

  1. Apresente uma solução para um problema específico
  2. Não descure o Copy.
  3. Quando é necessária uma explicação mais profunda de um produto procure: criar um vídeo pois muitos utilizadores estarão mais abertos para este tipo de solução; e contrate alguém que tenha capacidade de síntese para garantir que com menos palavras se diz o essencial para a conversão.
  4. Pontos essenciais na sua mensagem: Qual o problema – Qual a Solução apresentada – Quais os benefícios a extrair da solução.
  5. Reforce oferecendo algo em troca da conversão: Todos gostamos de algo gratuito ou algo a mais além do que estamos a “comprar”. A oferta tem de ser adequada ao que está a “vender” ou a solicitar do utilizador.

A sua oferta não tem de ser a melhor do mercado. Apenas terá de demonstrar que é “A” solução para determinado problema tal como o seu público alvo pretende.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par de todas as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter.
Fica registado na nossa lista "Magaworks® Newsletter" mas pode, em qualquer momento, alterar os seus dados ou cancelar a sua subscrição.

Para saber mais leia a nossa Política de Privacidade.

artigos relacionados