Porquê actualizar a versão do PHP em WordPress

25 Mar, 2021 | Desenvolvimento de Websites

Actualizar a versão de PHP em WordPress para uma das últimas versões tornou-se indispensável num website em WordPress. Explicamos porquê e o que tem a ganhar com essa actualização.

Embora alguns utilizadores não saibam, o WordPress é uma plataforma programada em linguagem PHP e que interage com uma base de dados que guarda toda a informação. Esta linguagem tem evoluído e sofrido alterações constantes ao longo do tempo. Uma das grandes diferenças das novas versões está relacionada com a rapidez de processamento de informação da base de dados.

Desde do lançamento do PHP 7 em 2015 e após vários anos passados, continuam a existir sites de WordPress a correr sobre versões antigas de PHP. Muitos sites em WordPress ainda utilizam a versão 5.6 de PHP. Se este for o seu caso consulte um profissional pois pode não ser seguro efectuar a actualização.

Porquê actualizar a versão PHP para sites em WordPress?
Porquê actualizar a versão PHP para sites em WordPress?

Vamos mostrar-lhe:

Como descobrir a sua versão de PHP

Se não sabe que versão utiliza, comece por verificar qual a versão PHP que tem actualmente a correr no seu serviço de alojamento, e se este suporta as últimas versões. Geralmente os serviços de alojamento indicam as várias versões para as quais estão preparados e permitem efectuar upgrades para versões superiores que têm disponíveis.

Existem várias formas de saber qual a versão que utiliza e vamos explicar como pode descobrir e efectuar por si mesmo esta actualização.

Descubra a sua versão de PHP no Cpanel

Se o seu serviço de alojamento tem um CPanel é muito fácil decobrir se já tem a última versão de PHP 7.4.

Procure por: Select PHP Version. Ao clicar aqui vai aceder a um écran onde lhe indica a versão que utiliza. Veja a imagem 1 abaixo.

Ver versão PHP no Cpanel
Imagem 1 – Ver versão PHP no Cpanel

Outras formas de saber a versão PHP

Além disso muitos são os temas e plugins que lhe indicam as características do seu servidor e se estão adequadas às necessidades do tema ou plugin em questão. São exemplo alguns temas como o Divi, BeTheme, e plugins como o Updraft Backup, entre muitos outros. São geralmente temas e plugins profissionais pagos.

Se não tem um Cpanel e não encontra nenhuma informação nas configurações do seu tema ou plugins sobre este assunto, questione o suporte do seu serviço de alojamento que saberão indicar-lhe.

Como actualizar?

No Cpanel é muito simples.

  1. Faça um backup da sua base de dados.
  2. No menu já indicado: Select PHP Version (imagem 1) clique para aceder ao écran onde lhe apresenta a versão que utiliza.
  3. Ao lado da versão tem uma setinha que lhe permite seleccionar outras versões disponíveis no serviço de alojamento.
  4. Seleccione a versão PHP 7.4. Note que ao lado vai aparecer “Definir como activa”. Terá de clicar aí para garantir que guarda a sua alteração.
  5. Depois visualize algumas das páginas do seu website: teste o formulário de contacto, veja e teste as diferentes funcionalidades que tem no seu website. Terá de verificar todas as diferentes funcionalidades para garantir que tudo continua a funcionar normalmente.

Como saber se é seguro alterar a versão de PHP?

Se tem a versão PHP 7.3 é geralmente seguro alterar para a versão PHP 7.4. Mas não o faça sem antes garantir que tem um backup da sua base de dados.

Se tem uma versão inferior o melhor é solicitar ajuda de um profissional pois é altamente provável que existam plugins que está a utilizar que não são compatíveis com a nova versão de PHP. Se tem plugins que estão descontinuados ou que não têm sofrido updates nos últimos 12 meses ou mais, é pouco provável que esses plugins venham algum dia a ser compatíveis com a última versão de PHP. A única solução é a substituição por plugins mais actuais.

Se não sabe do que estamos a falar não tem problema. Teste da seguinte forma:

  1. Efectue um backup da sua base de dados
  2. Altere para a versão de PHP 7.4 e guarde a alteração.
  3. Verifique o seu website sem efectuar login. O pior que pode acontecer é deixar de funcionar, mas não será o fim do mundo.

Se deixar de funcionar, volte atrás da seguinte forma:

  1. Seleccione novamente a versão de PHP que tinha antes e guarde as alterações.
  2. Verifique novamente o seu website sem efectuar login.
  3. É provavel que volte a ficar funcional como antes. Mas caso não fique reponha o backup da base de dados que efectuou inicialmente.

De qualquer forma, se ainda utiliza uma versão de PHP 5.6 o melhor é considerar pedir ajuda de um profissional ou criar um novo website. Nem sempre esta alteração corre da melhor forma. Tudo depende de quanto tempo tem o seu website, qual o tema e plugins que utiliza e a versão actual de PHP que tem instalada no serviço de alojamento.

Qual a importância de actualizar para a última versão de PHP

A última versão estável de PHP é a 7.4, e o WordPress recomenda a sua utilização ou uma versão superior. Veja aqui as recomendações do WordPress.

Esta deveria ser razão suficiente: Se o próprio WordPress assim o recomenda, porque deve pensar que está mais bem servido com outra versão. A versão recomendada é a PHP 7.4, que é a última versão estável.

Se ainda não está convencido saiba que:

Dentro em breve, as novas versões de wordpress já não serão compatíveis com versões antigas do PHP e será mesmo obrigado a actualizar. E será melhor fazê-lo agora com tempo do que depois, quando o wordpress deixar de ser compatível com versões anteriores.

Vantagens em actualizar para a versão PHP 7.4

O PHP 7 é uma grande mudança para melhor, uma vez que é uma versão mais sofisticada e robusta desta linguagem de programação que é o núcleo central da programação do WordPress.

Algumas das vantagens:

  • PHP de Nova Geração
  • Importante redução de utilização de memória
  • Suporte de 64 bit
  • Melhor e mais eficaz tratamento de erros
  • Melhor e mais seguro gerador de números

O que tudo isto significa?

O PHP 7, e em especial o 7.4, é mais leve e mais rápido, usa menos memória, executa o dobro de código no mesmo tempo de versões anteriores e reduz significativamente os erros.

O que se traduz em:

  • Websites mais rápidos
  • Melhora a execução do código
  • Obtém uma melhor experiência do utilizador

Com tudo isto já não tem razões para manter um site obsoleto, lento ou desactualizado. Está na hora de melhorar a sua presença online.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par de todas as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter.
Fica registado na nossa lista "Magaworks® Newsletter" mas pode, em qualquer momento, alterar os seus dados ou cancelar a sua subscrição.

Para saber mais leia a nossa Política de Privacidade.

artigos relacionados

WordPress.org VS WordPress.com

WordPress.org VS WordPress.com

Sabia que o Wordpress existe em duas versões bastantes distintas? O Wordpress.org e o Wordpress.com (self-hosted). Saiba qual o mais indicado para o seu projecto.

ler mais