A psicologia das cores e a personalidade da marca

18 Fev, 2021 | Design gráfico

As cores e a personalidade da marca andam sempre de mãos dadas. Todas as marcas estão geralmente associadas a uma côr principal e a uma personalidade, que em parte lhe é conferida por uma côr principal. É quase impossível desligar o significado e a psicologia das cores à personalidade que uma marca adquire.

As escolhas de côr, assim como de tom de comunicação e estilos refletem a personalidade de uma marca e atribuem-lhe ideias, carácter e qualidades próprias, como se de uma pessoa se tratasse.

Associação de cores a emoções e traços de personalidade da marca

Considerando que todas as cores estão associadas a emoções e sensações, é natural serem associadas a traços de personalidade ou qualidades subjectivas. Por isso também fazemos esta ligação quando falamos de marcas. A marca tem uma personalidade própria e a côr a que está mais fortemente associada confere-lhe parte da sua personalidade.

A percepção habitual das diferentes cores:

Vejamos as principais características a que habitualmente se associam às diferentes cores, sendo que são sempre ligeiramente diferentes de pessoa para pessoa:

  • Vermelho: Arrojado, entusiasmante e energético – Romance/ paixão – Perigo
  • Roxo: Criativo e calmo – Poderoso e luxuoso, é a côr real (côr associada aos reis)
  • Verde: Paz e natural – Esperança
  • Amarelo: Luz – Optimista e positivo – Divertido e infantil
  • Laranja: Divertido- Confiante – Quente
  • Azul: Confiança e força – Tranquilo – Infinito

Existem muitos estudos sobre como as cores podem afectar o cérebro humano e as suas reacções. Como pessoa única que nos está a ler, pode associar emoções diferentes das indicadas a cada côr. Cada um de nós tem a sua própria percepção, até pelo modo de vida de cada um, do país onde habita ou por outras circunstâncias culturais e contextuais. Todos os estudos de côr têm estas diferenças e contextos em conta. Como tal, não veja este artigo como detentor de respostas fixas em relação às emoções de cada côr, pois podem ser desadequados à sua realidade. Continue a ler este artigo tendo tudo isto em conta.

As cores e a personalidade da marca: criação de branding

Na criação de branding a côr é muito importante devido à percepção que queremos que os nossos consumidores tenham da nossa marca. É uma das formas de moldar a opinião pelas sensações e de transmitir emoções e mensagens. Mas a mesma côr pode significar amor e perigo de morte.

Por isso, quando escolhe a côr para a sua marca baseada numa emoção e numa côr específica deve aliá-la a outras escolhas. Falamos de todas as formas e estratégias de comunicação, como o tom, o tipo de letra, as imagens que selecciona, ou estilo e todo o Look & Feel em geral. Só assim consegue garantir que passa a sua mensagem da forma correcta e que as emoções associadas à sua mensagem são as que pretende.

Imagine a Coca-Cola com verde ou azul. Não lhe iria parecer uma bebida tão cheia de vida. Mas não é apenas a côr que lhe dá vida. É toda a comunicação desenvolvida pela marca, e pelas imagens que apresentam nos anúncios.

Influencie a percepção da sua marca pelas cores

Como as cores influenciam a percepção da sua marca

Voltando ao tema das diferentes cores e significados, é fácil tirar a conclusão que todas as cores vão influenciar de alguma forma o que os seus consumidores sentem quando visualizam a sua marca.

Optar por ter uma imagem mais cor-de-rosa ou mais vermelha demonstra à partida que prefere, na primeira opção, ser mais clássico ou infantil, ou na segunda, ser mais arrojado. Mas a própria tonalidade do rosa ou do vermelho podem alterar essa percepção.

Se pensar aliar a côr vermelha ao romance e paixão, então não deve limitar-se à côr. Deve procurar imagens que mostrem esse tema de forma inequívoca, pois o vermelho pode ser associado a sangue e morte.

E mesmo dentro do tema paixão podem existir variantes na comunicação. Pode ser uma paixão mais romanceada ou menos. E com uma mensagem escrita, imagens e mesmo as fonts pode influenciar o pensamento e percepção do seu público, que irá ver toda a sua mensagem completa.

É importante criar uma estratégia de comunicação completa e global para o seu negócio. Esta estratégia vai ajudar a criar a associação de uma côr à sua marca. Toda a imagem e design são fundamentais e devem ser pensados numa lógica e estratégia global de comunicação.

Utilização das cores branco e preto na comunicação

Não mencionámos o branco e o preto no início de forma propositada pois são duas cores muito diferentes das restantes a nível de percepção e sensações.

Em design gráfico utilizamos o CMYK e o RGB consoante desenhamos para o papel ou para o digital. Se considerarmos estes dois sistemas de côr depressa compreendemos melhor a côr branca e preta.

CMYK: Cyan – Magenta – Yellow – Black. Este é o sistema de cores utilizado em impressão. Neste sistema o branco é a ausência de côr. Geralmente o branco não é uma côr que se imprima, embora também se possa fazê-lo.

RGB: Red – Blue – Green. Este é o sistema de cores utilizado nos sistemas digitais e no seu monitor. Aqui o branco é a combinação de todas as cores.

O Branco, consoante a perspectiva e o sistema de côr pode ser a ausência de cor (CMYK) ou o reflexo de toda a luz e cores (RGB). Mas em geral as pessoas associam o branco à ausência de côr, daí ser a côr mais minimalista e associada a pureza e limpeza. Mas pode trazer uma sensação de vazio e de frio.

O Preto, tal como o branco, pode ser associado à absorção de toda a luz (CMYK) ou a ausência de todas as cores (RGB). É geralmente associado a elegância e sofisticação ou a luto e opressão.

O Cinzento é uma côr curiosa que aparenta não ter nenhuma sensação mais dominante nos utilizadores. É uma côr neutra. A sua subtileza tanto pode ser um ponto forte como fraco e vai sempre variar consoante o cinzento for mais claro ou mais escuro podendo ser associado facilmente com o branco ou o preto.

Em resumo o que precisa de saber na escolha da côr da sua marca:

  1. Escolher a côr que vai representar a sua marca nunca lhe vai garantir uma emoção ou sensação. Tenha em conta o seu público para compreender melhor o significado e emoções associadas a cada côr, pois vai variar muito.
  2. A côr é apenas parte da sua personalidade e deve ser aliada a outros factores que vão ajudar a construir o branding do seu negócio.
  3. Não escolha uma qualquer côr apenas porque é a que mais gosta. A selecção deve ser com base na personalidade da marca e não na sua.

Com tudo isto, escolha as cores que melhor demonstram o que a sua marca pretende ser ou as emoções que pretende originar no seu público alvo. E não tem de seguir o mesmo que todos os outros.

Crie uma boa estratégia de comunicação para perceber qual é de facto a melhor côr para representar a sua marca. Aplique as cores da forma mais adequada ao seu negócio, associando-as ao tom de comunicação e às imagens adequadas para obter o resultado esperado.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par de todas as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter.
Fica registado na nossa lista "Magaworks® Newsletter" mas pode, em qualquer momento, alterar os seus dados ou cancelar a sua subscrição.

Para saber mais leia a nossa Política de Privacidade.

artigos relacionados

Design system para redes sociais

Design system para redes sociais

Veja a importância de ter um conjunto coeso de componentes e materiais gráficos que lhe permitem representar a marca em diferentes meios de comunicação sempre de forma coerente.

ler mais
Porquê ter variações de logo

Porquê ter variações de logo

Já tem um logo mas não consegue aplicá-lo com a visualização correcta? Peça a criação de variações do logo para poder aplicar em diferentes meios.

ler mais