Starter Kit: Como criar o seu primeiro website

25 Set, 2020 | Desenvolvimento de Websites, Dicas e boas práticas

Este é um Kit de iniciação com os 4 passos essenciais para criar o seu primeiro website.

Vai construir o seu próprio website? É a primeira vez que ingressa nesta aventura? Saiba tudo o que precisa para começar a construir o primeiro website com este Starter Kit para principiantes.

Assumindo que já decidiu qual o seu nicho de mercado e o domínio ou nome que pretende, está na hora de pôr mãos à obra.

Calma! Embora possa ter vontade de pôr mãos à obra de imediato e começar a construir o seu website, deve começar sempre por definir um objectivo principal, uma estrutura e pensar quais são os conteúdos relevantes que irá precisar. Só depois deverá começar a criar o website

Aqui fica o resumo do caminho a percorrer:

  1. Objectivo e estrutura da informação
  2. Conteúdos necessários
  3. Design e Desenvolvimento
  4. S.E.O.
Starter Kit: Como criar o seu primeiro website

1. Objectivo e estrutura de informação

O primeiro passo é definir o seu objetivo principal. Com base no que definir é necessário organizar ideias e pensar como vai levar os utilizadores a seguirem o caminho que pretende até atingirem essa meta.

Pode ter diferentes objectivos para um website consoante a sua área de negócio, mas geralmente existe sempre um objectivo final. Mesmo que tenha diferentes tipos de utilizadores.

NB: Se tem diferentes públicos a quem se dirige e objectivos muito distintos, o ideal é criar vários websites com tons de comunicação e objectivos distintos. Neste caso deverá primeiro delinear uma estratégia de comunicação para a sua presença online.

Cada tipo de negócio tem um objectivo primordial, por exemplo a compra imediata, uma solicitação de orçamento ou ainda um pedido de contacto. Procure encontrar quais os diferentes caminhos que o utilizador pode tomar. Lembre-se que todos os caminhos devem encaminhar os utilizadores para o seu objectivo. Os caminhos possíveis dependem da predisposição do utilizador quando este chega ao seu website. E pode não entrar pela homepage! Pense numa estrutura que possa levar utilizadores por diferentes caminhos, uns mais curtos, outros mais longos, mas todos os levam ao ponto onde pretende.

Ao construir o seu próprio website deve ter sempre presente o seu objectivo final e quem é o seu público alvo.

Tenha no menu as entradas necessárias que considera serem fundamentais para os seus potenciais clientes encontrarem toda a informação que procuram, assim como deve ter destacada a acção final que pretende que os utilizadores do seu site realizem. Diferentes entradas no seu website podem percorrer percursos distintos que devem terminar sempre na opção da acção final para onde os pretende direccionar.

Por exemplo, se quer que o contactem com um pedido de orçamento, destaque um botão para um formulário de pedido de orçamento. Mas para utilizadores que ainda não conhecem a sua empresa, pode encaminhá-los para uma página onde apresenta as suas vantagens em relação à concorrência, dando no final dessa página a opção para pedido de contacto ou mesmo pedido de um orçamento. E assim vai definindo a sua estrutura e as suas páginas, bem como os caminhos que terá que construir.

O desenho da estrutura de informação e do menu deve ser pensado de forma a encaminhar os utilizadores para o seu objectivo. Este é o ponto principal quando começar a pensar construir o seu próprio website.

Uma estrutura bem desenhada levará mais facilmente os utilizadores a realizarem as acções que pretende. Por isso, antes de avançar, é necessário:

  • Definir a sua “meta” / objectivo principal
  • Definir o seu público alvo e saber quais os diferentes tipos de público que pretende atingir
  • Saber que acções pretende que os utilizadores realizem
  • Saber quais os caminhos possíveis de navegação para chegar à “meta”
  • Procurar saber que tipo de informações os utilizadores podem procurar no seu website.
  • Desenhar a estrutura de informação e ter no menu diferentes entradas para diferentes caminhos possíveis.

2. Conteúdos necessários

Com caminhos bem definidos, consegue mais facilmente perceber que páginas e que informações vai precisar de apresentar no seu website. Organize as páginas com uma estrutura lógica e de forma a que sejam fáceis de aceder e percorrer.

Antes de começar defina o tom da sua comunicação. Deve interrogar-se:

  • Qual o tipo de informação é necessário disponibilizar?
  • Qual a quantidade e pormenor a dar?
  • O que procura o meu cliente tipo?
  • Que imagens podem ajudar na compreensão dos seus conteúdos?
  • Que linguagem é habitual no seu público alvo? Qual a sua idade, género, e a que classe pertencem?
  • Quais são os interesses dos meus clientes ou potenciais clientes?

A quantidade de informação pode ser maior ou menor consoante o grau de pormenor que julgue ser necessário para o seu utilizador se tornar num cliente. Ao escrever os seus conteúdos deve também ponderar o tipo de público alvo que pretende atingir. A linguagem pode ser mais formal ou informal consoante a sua definição de público alvo e cliente tipo. Só tendo o máximo de dados acerca do seu público alvo é que se consegue definir o tom da sua comunicação.

NB: Lembre-se que uma página ou um estilo de comunicação dificilmente consegue atingir todos os tipos de público. O seu tom de comunicação deverá ter em mente o público alvo que pretende atingir com o seu objectivo principal. Siga sempre a mesma estratégia de comunicação.

3. Design e Desenvolvimento

Agora sim está pronto para iniciar a construção do seu website!

Nesta fase terá que rever todas as funcionalidades que precisa e optar por uma plataforma de criação de websites para o ajudar na construção. Verifique as diferentes plataformas existentes no mercado e seleccione aquela que melhor vai ao encontro das suas necessidades.

Escolha uma plataforma para criar o seu website

Hoje em dia já existem muitas alternativas e plataformas para construir o seu próprio site: WordPress, Wix, Prestashop, Shopify, Joomla, etc. Vai sempre precisar de algum tempo para aprender a trabalhar com uma destas ferramentas.

Informe-se sobre as diferentes opções do mercado e avalie qual delas cumpre melhor os seus objectivos. Estas plataformas não são 100% gratuitas e podem não incluir todas as funcionalidades que eventualmente irá precisar. Verifique bem os custos associados antes de se comprometer com uma delas e se as funcionalidades que incluem servem o seu propósito. É possível que tenha que fazer algum tipo de compromisso no início e deixar cair alguma funcionalidade menos relevante que não está incluída.

Quer criar um loja Online?

Existem inúmeras plataformas para criar uma loja online. Escolher uma delas não é uma tarefa fácil.

Saiba qual a melhor plataforma para criar uma loja online @ MAGAZINE MAGAWORKS

Escolha um tema pré-programado

Ao construir o seu próprio website, se não for um webdesigner nem programador, a melhor opção será escolher um dos muitos temas disponíveis.

O aspecto gráfico deverá ter em conta as acções que pretende que os seus utilizadores tomem. E o grafismo pode ser moderno, clássico, “bold”, com letras maiores ou menores consoante o estilo que pretende para a sua comunicação.

O web design deve sempre considerar a estrutura de informação, a quantidade e tipo de conteúdos. Pense no que pretende que os utilizadores vejam primeiro ao entrar, ou seja, a que é que pretende dar maior destaque: Mais texto ou mais imagem? De que depende mais o seu negócio? Embora muitos websites apresentem sliders com vários itens na Homepage, este tipo de estratégia não serve para todos os sites. Pode ser um factor de dispersão da atenção dos utilizadores do seu objectivo principal. Pondere a quantidade de imagens e informação, consoante o necessário.

Verifique os plugins ou Addons disponíveis em cada plataforma

Depois de seleccionar um tema gráfico vai precisar de algumas funcionalidades que poderão não vir incluídas no tema que seleccionou. A vantagem das plataformas de criação de websites é disponibilizarem plugins ou addons, ou seja, funcionalidades que pode adicionar. Consoante as funcionalidades adicionais que precisar, irá ter que procurar um destes extras que cumpra a função que precisa.

NB: O que pode parecer simples à partida pode não ser para todos. Garanta que percebe um mínimo deste tipo de plataformas na óptica de um utilizador digital. São ferramentas muito intuitivas, mas terá sempre de investir algum tempo na aprendizagem da que escolher e perceber como funciona. Se precisa de funcionalidades à medida não se limite às plataformas do mercado e pondere contratar um profissional.

O que precisa saber antes de seleccionar uma plataforma para a construção do seu primeiro website?

Ao optar por uma plataforma como o WordPress ou WIX, entre outras, saiba que não incluem de raiz todas as funcionalidades que pode eventualmente precisar. Para tal pode ser necessário um plugin ou addon. Alguns destes são pagos, outros gratuitos. Mas nem todos oferecem a mesma garantia de bom funcionamento e compatibilidade.

Por isso deverá procurar conhecer melhor as plataformas existentes no mercado e ter em mente:

  • Tem tempo para criar por si um website e mantê-lo actualizado?
  • Quais as funcionalidades que necessita?
  • Qual a plataforma mais indicada de acordo com as suas necessidades?
  • Quais os custos associados?
  • Que temas estão disponíveis para cada plataforma?
  • Existem plugins ou addons para garantir as funcionalidades que precisa?
  • Qual o impacto no carregamento que esses plugins ou addons vão ter no website?
  • Consegue efectuar tudo por si ou vai precisar de ajuda de um profissional?
ebook: Checklist para publicação de um website em WordPress

ebook “Checklist de verificação de um site em WordPress antes do seu lançamento”.

Aconselhamos que Leia o nosso ebook para saber mais sobre boas práticas de construção de um website. Garanta que quando colocar o seu website online não vai ter utilizadores desiludidos, que podem nunca mais voltar.

4. S.E.O.

Por último, e para que o seu website não seja criado em vão pode e deve pesquisar sobre o conceito de SEO (Search engine optimization) e optimizar o conteúdo do seu website para aparecer nos motores de busca nos primeiros lugares. Pode também trabalhar as suas redes sociais de forma a divulgar o seu novo website. Existe muita informação no Google sobre S.E.O.: como optimizar o seu site para obter melhores resultados, como melhorar os seus conteúdos e quais as boas práticas para o fazer.

Muitas PMEs optimizam por si só o SEO do seu próprio website e com bons resultados, mas precisam sempre de dedicar tempo todas as semanas para que surta efeito. Lembre-se sempre: está a escrever para utilizadores que procuram informação que lhes seja útil e uma boa experiência de utilização.

Existem várias opções para melhorar os seus conteúdos de forma a que obtenha bons resultados. Optimizar os seus conteúdos com as boas práticas de SEO é o ponto principal antes de iniciar outro tipo de soluções.

Resumindo:

  • Lembre-se que criar o seu próprio website requer sempre tempo de aprendizagem, de construção e de criação de conteúdos.
  • O primeiro passo é sempre definir o seu objectivo principal.
  • Não comece a construir o seu website sem ter a sua estrutura de informação e o seu público alvo bem definidos. Pode perder-se e esquecer-se de informações essenciais, ou criar um site que não cumpre os seus objectivos.
  • Se não sabe bem como começar ou se não encontrar nada que garanta as funcionalidades que necessita, procure a ajuda de um profissional como a MAGAWORKS para o ajudar a encontrar a melhor solução.

Se precisa de ajuda na criação de um website, conte connosco!

Saiba mais sobre os nossos serviços de Criação de websites. Ou entre já em contacto para o podermos ajudar.

artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This