Tendências de Landing Pages para 2022

07 Nov, 2021 | Marketing e comunicação [digital], Tendências

É ao navegarmos por diferentes Landing pages que compreendemos melhor as tendências que se utilizam actualmente e também as que começam a emergir. Só assim conseguimos recolher informações válidas e encontrar soluções que funcionam.

Com esta pesquisa queremos mostrar-lhe algumas das tendências mais actuais e que tendem a continuar e aumentar no próximo ano.

Vamos começar por resumir a definição de Landing page, e qual o seu propósito. Depois passamos à apresentação dos elementos cruciais em todas as Landing pages de sucesso. Por último, vamos apresentar alguns exemplos que demonstram tendências neste tipo de páginas de comunicação digital  direccionada a campanhas e à conversão.

índice

O que é uma Landing Page

No sentido mais tradicional, uma Landing page é uma página desenvolvida à medida para um determinado objectivo concreto que leva os visitantes à conversão. Deve ter um único objectivo de forma a não distrair os utilizadores da sua oferta principal. Em regra geral não deverá ter qualquer navegação ou saídas e oferecer de imediato a possibilidade de contacto ou compra.

Hoje em dia talvez já não seja algo tão simples quanto isso devido ao crescimento exponencial da concorrência online. Primeiro terá de ganhar a confiança dos utilizadores, conduzi-los por uma experiência agradável que os leve à conversão final.

Estas páginas ajudam à conversão reduzindo o caminho a percorrer. Tornam toda a experiência mais atraente, oferecem garantias e permitem criar uma relação entre a marca e o público-alvo, ganhando assim a sua confiança.

Objectivos de uma Landing Page

O objectivo final é sempre a conversão do visitante. Seja qual for a conversão que pretenda. Um pedido de contacto, angariar mais subscritores para a sua newsletter, ter mais seguidores do seu blog, obter vendas, etc.

Pense no que procura obter para aumentar o seu negócio: Criar uma base de dados de contactos? Ou pretende fazer crescer as suas vendas directas de imediato?

Aqui ficam alguns exemplos de objectivos para Landing pages:

  • Destacar promoções ou saldos
  • Fazer inquéritos
  • Adquirir mais subscritores para a sua newsletter
  • Ganhar a confiança do público
  • Obter pedidos de contacto de potenciais clientes
  • Fazer crescer a sua marca
  • Vender produtos

Antes de começar a desenhar a sua Landing page deve definir o seu objectivo. Só assim consegue estruturar bem o conteúdo e o caminho por onde quer conduzir os visitantes.

Elementos fundamentais para uma Landing Page de sucesso

Uma vez que pretende conduzir os visitantes à conversão, existem elementos específicos que a sua página deve conter para aumentar o potencial de sucesso. Não existe nenhuma receita perfeita, pois diferentes objectivos, mercados e negócios, encontram-se com posicionamentos distintos que requerem mais ou menos atenção em determinados pontos. Ainda assim, alguns elementos são de alguma forma imperativos e deve tê-los em conta.

E lembre-se que a excepção à regra é por vezes o segredo.

1. Proposta única e diferenciadora

Este é o primeiro ponto a considerar: O que tem para oferecer, e como vai beneficiar os seus utilizadores.

Como vai agarrar a continuidade da atenção do visitante? É fundamental pesquisar muito, avaliar opções e testar para garantir que encontra uma boa solução. Estruture bem a informação tendo em conta o seu público e objectivos, antes de começar a desenhar.

A sua construção visual vai depender do seu negócio. Mas a sua landing page deve sempre considerar e, de preferência, conter:

  • Um Headline forte: Curto e directo ao assunto. Mas sempre memorável. Encontrar a frase certa vai depender das sensações que pretende transmitir, ou o sentimento do utilizador que pretende atingir.
  • Suporte à oferta: Uma boa descrição da oferta consoante o seu público-alvo. Deve conter todos os detalhes necessários para atrair os visitantes e garantir que está explícito o que tem para oferecer. Deve ter a extensão necessária, nem mais nem menos, de forma a não ser demasiado extenso, nem demasiado curto e não se compreender.
  • Argumentos de fecho: Deve fechar apresentando os seus pontos fortes, o porquê de escolher a sua oferta. Tem de oferecer garantias que a sua é a escolha certa. Utilizar palavras que levam à acção é a melhor forma de incentivar os utilizadores.

No geral, seja breve, de forma a conduzir os visitantes do início ao fim, aumentando o nível de envolvimento do utilizador passo a passo. Garanta uma experiência agradável e bem delineada. Pode e deve considerar pequenas variantes, sejam a nível do Headline, do Call-to-action ou mesmo de cores, para testes A/B, ou para diferentes públicos.

2. Hero Section

Este é o primeiro écran e impacto visual conjugado com o seu Headline.
“Os olhos também comem” já é um ditado muito antigo e verdadeiro que o podem ajudar em todas as suas campanhas de marketing.

Na era digital, sobrecarregada de informação, o público online distrai-se facilmente com informações vindas de todos os lados. Por isso é importante garantir que capta de imediato a sua atenção. E não espere que a consiga garantir por muito tempo. Daí a importância do impacto visual inicial para o “agarrar”.

O topo da sua landing page, também denominado de Hero Section, deve representar da melhor forma a sua oferta, para dar a entender rapidamente ao visitante o que tem para oferecer. Nem sempre é com uma imagem. Pode ser um esquema ou demonstração da acção a tomar pelo utilizador para poder beneficiar da sua oferta.

Os pontos principais para obter um bom impacto inicial são:

A. Garantir que a sua oferta está bem representada e logo no primeiro ecrã da página
B. Se utilizar grandes imagens garanta que oferece um caminho a seguir para continuar – setas ou botões que captam a atenção para clicar.
C. Se utilizar animação, crie interação relacionada com a sua oferta.
D. Se utilizar vídeo, garanta que são curtos e de rápido carregamento

3. Características e benefícios

Deve oferecer uma boa contextualização da sua oferta com as características e benefícios. Aqui procure mostrar o valor da sua oferta e como vai ajudar a resolver um determinado problema. Para facilitar a sua compreensão procure enquadrar os benefícios da sua proposta em situações reais.

A. Seja curto e específico
B. Descreva apenas as características mais importantes e que o distinguem da concorrência
C. Destaque os seus pontos fortes
D. Formate bem todo o conteúdo e não blocos de texto extensos que ninguém vai ler.
E. Adicione imagens a cada bloco para facilitar e tornar mais agradável a leitura da mensagem

Existe uma tendência actual de Landing Pages demonstrativas das características e benefícios, com animações, ilustrações, ou mesmo demos.

4. Afirmação da sua marca

Para oferecer garantias e ganhar a confiança, deve demonstrar que a sua marca já tem garantias dadas no mercado.

Liste testemunhos de quem já utiliza a sua marca, prémios, estatísticas, avaliações, etc, que demonstrem e atestam a sua qualidade. Utilize apenas as estratégias que se enquadram no seu negócio e oferta.

5. Call-to-action (CTA)

Este é sem dúvida o ponto crítico de todas as landing pages. Aqui é onde termina o percurso dos seus visitantes. Embora o Call-to-action já possa estar presente ao longo da sua página, no final deve sempre estar destacado.

Quando vai assistir a um filme pense como o final pode tornar num filme fantástico ou desastroso. O final da história da sua página é fundamental para não desiludir o utilizador.

Antes de mais deve ser claro e directo, procurando levar o visitante à acção. Não tema palavras fortes, e apresente o que o utilizador vai receber em troca.

O grafismo do seu CTA deve destacar-se de forma clara do resto do conteúdo para chamar a atenção final de um potencial cliente.

No seu CTA considere:

A. Ser proeminente
B. Ser de fácil interacção
C. Ser divertido
D. Ser maior que o resto do texto
E. Ter uma cor primordial e adequada à sensação que pretende obter. Não tem necessariamente de ser da cor da sua marca, mas pode ter

Criação de Landing Pages: Regras essenciais para a conversão

Criação de Landing Pages: 11 Regras essenciais para a conversão

Ler mais »

Tendências actuais nas Landing pages – exemplos

Online a nossa atenção tem de ser captada no primeiro instante. Apresentamos abaixo alguns exemplos que encontramos que demonstram bem os elementos já indicados e que se destacam. Nem sempre cumprem todas as regras, mas todos os exemplos nos conseguem “prender” e levar a continuar a descer ao longo da página.

1. Ilustrações personalizadas

A ilustração é uma das modas actuais devido ao crescimento de plataformas que facilitam a sua utilização e tornam o seu custo mais acessível.

Uma ilustração mais personalizada e à medida é sempre um ganho adicional e que chama ainda mais a atenção, ao invés de dar a ideia de “dejá vu”.

Mailchimp Ilustração em Landing Pages

Mailchimp

ver online »

A ilustração traz vários benefícios daí a sua ubiquidade.

  • Dá mais liberdade à imaginação.
  • Pode ser mais criativo e divertido.
  • Pode ser mais claro e transparente a nível da comunicação, pois permite ilustrar o que quer que seja que imagina, sem ter de encontrar a fotografia perfeita.

Esta tendência intensificou-se também devido à facilidade de criar animação com as ilustrações, criando pequenas histórias. O que nos passa à segunda tendência.

2. Animação de interação

Existem muitas forma de interacção. Uma das tências é o simples scroll. É uma das melhores formas de animação e interação pois leva o utilizador a continuar a descer. Tal como nas Stories do instagram e muitas páginas na web.

O scroll pode ser usado para interagir com o utilizador e aumentar o seu envolvimento. Dá uma sensação de vanguarda por ter um aspecto mais sofisticado e moderno.

Como exemplos vemos transformação de elementos com o scroll da página, as animações paralax já muito utilizadas, questionários que nos vão permitindo avançar, etc. Há um crescimento gigante de interações e micro-interacções que criam maior impacto a todos os níveis.

Encontrámos um exmeplo muito exemplificativo no Dribble, de um UI Designer, Taras Migulko. Achamos que demonstra bem a capacidade do scroll em interagir com os utilizadores e levando-os a continuar: https://dribbble.com/shots/14302050-The-Crypty-landing-page-UI-interaction-design

3. Micro interações

São pequenas acções que realizamos constantemente em websites sem darmos por isso. Desde o “swipe” num écran de telemóvel, ou clicar para fazer play num vídeo.

Com a necessidade de ter a UX (User experience) optimizada a web está em constante desenvolvimento, adaptando-se aos novos dispositivos e cultura cibernética dos utilizadores. Pequenos detalhes podem optimizar de forma significativa a experiência dos visitantes.

Como funcionam: 1 Trigger » Regras » Feedback » Loop

As micro interações com o utilizador ajudam a criar dinâmicas e levar o utilizador à acção. O trigger pode ser automático ou manual. Os manuais são ativados pelo utilizador e devem chamá-lo à acção, como um botão, uma pequena animação que apela à acção. Um Triggers automático é definido por regras e condições, que quando reunidas, disparam um evento. As regras são definidas consoante o que se pretende atingir da acção do utilizador ter eventos, animações definidas. O feedback é a resposta a dar ao utilizador quando concluída a acção por completo. Pode ser sob variadas formas, desde um simples sinal gráfico, ou sinais sonoros, vibrações se num telemóvel ou outro tipo de notificação. Pode ter loop, podendo ser reiniciada e repetida.

Encontrámos neste website uma boa página recheada de micro interacções a começar pelo scroll. Mas não se limita a isso. Ecrã a ecrã vamos encontrando pequenos detalhes que nos chamam: Zero – https://zerofasting.com

4. Keep it Clean and simple

E depois de uma era de excessos e muitas fotografias grandes, surge um sistema de design mais simples mas repleto de micro-interações, do qual o Material Design criado pela Google, faz parte integrante e veio aumentar este estilo, e pode ajudar a compreender melhor a sua forma de utilização.

Todos os exemplos acima demonstram bem a simplicidade que actualmente se verifica ao invés das páginas sem espaços para respirar.

Clássicos que funcionam

Aqui deixamos alguns exemplos de marcas conhecidas, que utilizam modelos mais clássicos e que funcionam. Acreditem ou não, funcionam.

DROPBOX

A dropbox tem várias Landing pages dirigidas a diferentes targets. Logo aqui vemos o seu profissionalismo por ter uma comunicação direccionada.

Deixamos aqui duas das opções que são, embora idênticas, completamente distintas.

Dropbox Pro: onde apresenta como resolver um problema clássico nas organizações – Manter toda a equipa sincronizada com as ferramentas e projectos reunidos num único local de trabalho de forma a ser mais eficiente.

Dropbox Basic: Para particulares que procuram uma conta gratuita.

O Headline indica de imediato que a conta é gratuita de forma a ser mais apelativo.

É visível como tem um Headline bem definido e forte com screenshot do produto. Apresenta os principais benefícios e características para o target em questão. No basic responde às perguntas mais frequentes por ser dirigido a um público menos instruído neste tipo de softwares. No Pro, apresenta de imaediato os planos e custos com as suas diferenças. Com um CTA no Hero Section e no final da página, apela sempre à acção de forma muito simples e directa.

Estas Landing pages são parte integrante do website e como tal até têm uma navegação, que é uma navegação diferente do restante site, e inclui links para outras Landing pages da marca.

SHOPIFY

Link: https://www.shopify.com.br/avaliacao-gratuita/loja-online

É uma página muito curta e simples. Com o Call-to-action logo no Hero Section apresenta-se claro, directo e forte “Começar avaliação gratuita”. Um headline simples e directo ao assunto.

Apenas resume o fundamental, sem complicações. Precisamente o que pretende oferecer: Uma loja online, simples, sem complicações para quem não sabe programar.

No final apresenta prova com testemunho de utilizadores.

MONDAY.COM

Link: https://monday.com/lp/lang/pt/inter/collab

Uma das muitas ferramentas de colaboração para empresas apresenta uma Landing Page com todas as melhores funcionalidades deste tipo de software, e foco na conversão de organizações que procuram optimizar o trabalho de equipa.

Com CTAs distribuídos ao longo da página – “comece já” . Desde o cabeçalho, passando pela Hero Section, até final, apelando sempre à acção.

Apresenta ainda provas dadas e funcionalidades de integrações que são fundamentais para este tipo de ferramentas.

UBER

Link: https://www.uber.com/pt/pt-pt/

Mais um caso que foge às regras com um menu completo, mas onde a Hero Section é multifuncional, para servir diferentes objectivos.

Com um sistema de tabs simples, pode navegar entre a Uber (drive or deliver), Uber Eats e Viajar com a Uber. Cada Tab com um Headline, oferecendo logo a informação principal e o convite para começar a utilizar, com um botão de chamada à acção respectiva. Apresenta diferentes imagens para diferentes opções, para demonstrar as diferentes situações possíveis. E apresenta de imediato o CTA no primeiro écran.

É muito simples e directo ao assunto sem perder tempo.

Pouco tradicional, mas cada mercado e negócio deve adaptar-se à sua realidade e fugir às regras sempre que se verifica que determinadas opções podem funcionar melhor. Tendo em conta os diferentes mercados onde opera e públicos muito distintos, é uma forma diferente de criar Landing Pages.

OUT Of the Box – Landing pages diferentes

É habitual que em nichos de mercado se encontrem Landing pages muito mais criativas, mas que não deixam de seguir as tendências. Apenas as aplicam ao limite. Veja os exemplos que seleccionámos.

Whirly -Birdie

Link: https://whirlybirdie.com/

Este é um daqueles exemplos direccionado a um nicho de mercado. É uma Landing page para comunicar um Typeface.

Com muita ilustração e dedicado a apresentar todo o produto, é interactivo e divertido. É um exemplo com total demonstração do produto. No final apresenta o CTA, sob a forma de opções de compra. Directo e simples.

Original e segue algumas das tendências já indicadas para Landing Pages.

PROCREATE POCKET

Link: https://procreate.art/pocket/whats-new

É uma app para ilustradores, apresentando as novidades.

Uma Landing page de fundo preto, dedicada a mostrar os écrans da aplicação e suas novidades. Dedica-se apenas a apresentar imagens boas, que demonstram as funcionalidades do que pode criar, desenhar e animar. Muito pouco texto, exemplificando tudo de forma clara com muitas imagens ao alto, sendo direccionado principalmente para mobile.

E claro com um CTA final para comprar a aplicação na App Store.

Conclusão:

Uma boa Landing Page que segue as tendências actuais vai contribuir para todo o potencial de sucesso dos seus projectos de comunicação digital e para a conversão dos seus visitantes. É fundamental a máxima atenção a todos os detalhes durante o desenvolvimento dos seus projectos.

Pesquise, teste e avalie. Procure as tendências. Altere sempre que considerar necessário melhorar.

Ainda há pouco tempo utilizavam-se as próprias páginas do website, mesmo sendo demasiado descritivas, e de alguma forma até conseguiam obter alguma conversão. Com o crescimento deste mercado o desafio tornou-se maior. Os visitantes querem tudo rápido, procuram experiências interactivas, e precisam ser seduzidos. Por isso as landing pages têm evoluído muito no sentido de serem diferentes do seu website tradicional e institucional. E até mesmo a sua homepage pode ser pensada para servir de Landing page. Estas páginas evoluíram de tal forma que tudo começa a ser uma excepção à regra.

Mas tem alguns segredos:

  • Seguir de alguma forma as tendências da actualidade
  • Ser única
  • Segmentada de forma correcta
  • Forte e única (Unique selling proposition)
  • Esteticamente agradável, de acordo com o estilo do seu target
  • Ter um Copy forte e que ofereça valor ao visitante

Os principiantes devem seguir as melhores práticas acima indicadas, e pesquisar a sua concorrência para obterem algumas novas dicas e compreenderem melhor o que funciona em cada mercado.

Os profissionais da área não ficam alheios às tendências: pesquisam, avaliam e testam de forma a obter melhores resultados. Procuram constantemente ultrapassar o habitual para acompanhar um mercado em constante evolução.

A MAGAWORKS é uma empresa de profissionais com estas características e as capacidades para o ajudar no desenvolvimento da sua Landing Page profissional. Entre em contacto connosco para o ajudarmos a criar algo único.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par de todas as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter.
Fica registado na nossa lista "Magaworks® Newsletter" mas pode, em qualquer momento, alterar os seus dados ou cancelar a sua subscrição.

Para saber mais leia a nossa Política de Privacidade.

artigos relacionados

Web App para gestão de encomendas

Web App para gestão de encomendas

Saiba como este tipo de web app funciona e pode contribuir para o seu negócio. Veja como permitem uma gestão optimizada de encomendas em curso, ao mesmo tempo que melhorarm a relação com os seus clientes. Ofereça aos seus clientes uma forma fácil de acompanhar a evolução dos trabalhos em curso.

ler mais