Porquê ter variações de logo

04 Jan, 2021 | Design gráfico

Todos os negócios precisam de um logo e de uma estratégia de comunicação de marca. A primeira parte prende-se com a criação de uma representação visual que irá marcar toda a sua identidade. Obviamente que a sua marca não se limita a um logotipo e por isso deve ter uma estratégia de comunicação. Para diferentes canais poderá precisar do logo em diferentes formatos e tamanhos.

Na realidade uma marca raramente se limita a UM logotipo, mas sim a um pacote de logos e variações de logo que são coerentes entre si. Neste artigo vamos explicar o porquê de ter variações do logo e o que deve considerar.

Porque é que uma marca precisa de um Logo?

Comecemos pelo princípio: uma marca precisa de um logo por muitas razões, tais como:

  • O Logo é a representação visual da sua empresa: do âmbito do negócio, dos valores e da oferta da empresa
  • É a representação que vai identificar o seu negócio e ajudar a distinguir e reconhecer a sua marca em toda a sua comunicação
  • O logo promove o reconhecimento da marca permitindo ganhar a lealdade dos utilizadores

Claro que passado muito tempo se uma marca tiver sucesso no mercado acaba por se tornar um “icon” na sua área de negócio

Porque é que o logo precisa de variações?

Pense no seu logotipo como um organismo vivo e com personalidade. Tal como o seu negócio. Se considerarmos as pessoas todas têm um estilo próprio e adaptam-se às estações do ano e ocasiões. O mesmo se passa com os logos. Precisam de se adaptar a diferentes meios de comunicação, diferentes épocas e eventos.

considere onde é que o seu logo pode ser usado:

  • Cartões de visita
  • Websites e Landing Pages
  • Redes sociais
  • Merchandising
  • Cartazes promocionais
  • Stands e eventos
  • E outros como menus, uniformes, relatórios, etc, consoante o seu negócio.

Como pode ver existem inúmeros locais e aplicações que terá de considerar quando criar um logotipo. Como tal é necessário considerar diferentes tamanhos de leitura, diferentes fundos e cores onde vai aparecer, e provavelmente uma única forma não vai encaixar em todos os locais sem perder leitura e a sua identificação.

Quantas variações precisa o logo?

Todos os logotipos têm uma matriz principal. Terá sempre o seu logo principal a partir do qual terá de fazer as variações e combinações que forem necessárias.

A quantidade de variações irá depender muito do seu negócio e da sua estratégia de comunicação. Quanto mais alargada for a estratégia mais variações irá precisar. E consoante a sua área de negócio poderá ter de considerar a aplicação do logo em locais como fardas, relatórios de negócio, fachadas, etc.

Quando o seu logotipo principal é demasiado complicado para uma aplicação de menor dimensão terá de pensar numa variação mais simplificada de acordo com o espaço e situação. É aqui que começam as variações

Damos um exemplo muito simples: imagine que o seu logo é comprido e ao colocar no círculo de uma rede social como o facebook fica cortado ao ponto de não se ler. Significa que precisa de criar uma variação mais quadrada para que fique bem dentro do círculo e tenha total leitura.

Variações de logo e as suas utilizações

Vamos agora procurar mostrar como funcionam estas variações, considerando diferentes tipos de logotipos que pode criar ou já ter.

Tipos de logos

A nível de design podemos ter 3 tipos de logos:

  • Logos de palavras
  • Logos de imagem (ou ícone)
  • Uma combinação de palavras com imagem

A sua marca não necessita ter as três variações de logos. Mas irá com certeza precisar de pelo menos duas.

Os logos de palavras podem ser: o nome completo do seu negócio ou um acrónimo das iniciais quando o seu negócio tem um nome demasiado longo.

Os logos de imagens podem ser: pictográficos, como um símbolo, um ícone, uma ilustração ou uma mascote. A mascote pode ser a representação de uma personalidade, animal ou mesmo uma objecto inanimado que ganha vida pela mascote. Os elementos visuais também podem ser abstratos ou conceptuais e nem sequer se parecerem com nada que reconheçamos habitualmente, mas que acabam por encarnar o conceito da marca.

A combinação de ambos os tipos permite-lhe criar logos mais quadrados, na horizontal e na vertical, combinando o texto com a imagem.

Pode sempre criar um logo mais dinâmico que se adapta ao ambiente onde se enquadra de forma completa. Mesmo aqui terá de existir um elemento que nunca muda.

Veja por exemplo a marca edp que consegue combinar uma série de variações de forma bastante coerente e equilibrada e contém todos estes tipos de logotipos já descritos.

Manual de marca EDP
Imagens da marca EDP retiradas do manual de normas oficial no site da edp

Tem um símbolo, um texto e o seu conjunto. E depois o seu símbolo é mutável, permitindo ser dinâmico para diferentes ocasiões. Mas existe algo imutável, a palete de cores e as várias formas que se conjugam em várias formas diferentes, assim como a forma de escrever EDP. E para garantir a segurança na utilização do logo sempre com a melhor leitura, foram criadas regras para a aplicação do logo consoante o fundo onde é aplicada.

Inicialmente o seu logo pode não ter nenhuma variação, e só vai começar a sentir esta necessidade ao longo do seu crescimento e evolução. Algumas marcas podem até ter apenas duas variações, como é o caso de algumas grandes marcas. Outras terão 8 ou mais variações. Tudo dependerá das necessidades da sua organização, e também do seu orçamento para criar um logo e as suas variações.

Hierarquia e usabilidade das variações do logo

1. Logo principal

Aqui é onde tudo começa. Quando define o seu logotipo existe sempre um ponto de partida que será o seu logo original e principal a figurar na maioria das aplicações. Este é o logo que mais vai utilizar. Vai com certeza aparecer nos seus cartões de visita, na primeira página do seu website principal, e no seu papel timbrado. Todos os locais onde a sua marca terá de ser de imediato identificada. Mesmo nas fardas dos seus trabalhadores deverá utilizar este logo excepto se já for uma marca reconhecida.

Na sua maioria os logos principais são a combinação do texto e imagem.

2. Logo secundário

A segunda instância do seu logo é utilizada em todos os locais onde o seu logo principal não caiba. Por exemplo, se o seu logo é muito comprido na horizontal, pode criar uma versão quadrada ou na vertical, e pode ser apenas uma marca visual ou um acrónimo retirado sempre do logo original principal.

3. Submarca

A submarca é uma variação quadrada do seu logo mas que deve ter total visibilidade dentro de um círculo. Caso o seu logo primário já fique bem dentro de um círculo não precisa desta variação. Hoje em dia cresceu esta necessidade derivada das redes sociais e websites, na criação de stickers ou botões.

4. Favicon

O favicon é um gráfico muito pequeno que aparece nos websites na barra do seu browser. Aqui terá de ter uma variação muito minimalista do seu logo que até poderá ser o caso do seu logo secundário.

5. P & B

Pense em todos os locais onde terá de imprimir o seu logo apenas a preto e branco (P & B). Caso tenha essa necessidade terá de criar esta variação. Esta variação pode ter dentro de si várias variações: aplicada sobre branco, aplicada sobre preto, aplicada sobre grandes texturas e fundos com muitas cores pode criar variações a P & B ou em tons cinzentos mais claros ou mais escuros.

6. Outros elementos

Deve ainda considerar o tamanho em que irá aparecer o seu logo e definir tamanhos máximos e mínimos para cada versão do logo. Caso contrário poderá ser mal utilizado e perder a leitura.

A reter sobre variações de logo:

O que é o logo principal?

É o logotipo que irá utilizar nos principais meios institucionais, e é onde define os elementos principais da sua marca.

O que são variações de logo?

As variações são diferentes representações da mesma identidade gráfica.

O que garantir quando solicitar variações de logo?

Verifique se as variações aparentam pertencer a uma família, ou seja serem coerentes entre si, terem parecenças ou algo em comum, como se fossem irmãos. Todas as variações devem ser complementares do seu logo principal.

Porquê ter um manual de normas para o logo ou marca?

É importante definir regras de aplicação de forma a que o seu logo tenha sempre leitura de forma a ser identificada a sua marca.

Quantas variações precisa um logotipo

Depende. Irá depender do logo principal e se este serve vários propósitos, e da sua estratégia de comunicação.

Porquê criar uma imagem de marca?

A imagem de marca pode ser uma das razões do sucesso de um negócio.

Construa uma marca coerente para o seu negócio @ MAGAZINE MAGAWORKS

Conclusão:

Quando cria uma marca e o seu logotipo é normal que a dimensão do seu negócio não justifique todas estas variações porque simplesmente não são utilizadas. Ao longo do tempo e consoante o negócio vai crescendo irá ter outras necessidades de aplicação e terá de considerar a criação de algumas ou todas estas variações.

Quanto mais variações for precisando é provável que o seu investimento vá crescendo pois necessita de um manual de normas mais completo. É importante que quando o seu negócio crescer procure um serviço mais profissional para lhe criar as variações necessárias e garantir a coerência necessária, bem como, regras de aplicação para que a sua utilização seja correcta.

Se tem um orçamento reduzido comece apenas com o que precisa e invista apenas o que pode.

Faça o seu próprio logo com um orçamento reduzido se for caso disso ou, caso não tenha jeito, procure online os serviços disponíveis que têm templates para personalizar, como por exemplo: Canva Logo maker (https://www.canva.com/create/logos/); Tailor Brands (https://www.tailorbrands.com/logo-maker); ou Hatchful (https://hatchful.shopify.com/) que até tem uma aplicação para mobile.

Subscreva a nossa Newsletter

Fique a par de todas as nossas novidades subscrevendo a nossa newsletter.
Fica registado na nossa lista "Magaworks® Newsletter" mas pode, em qualquer momento, alterar os seus dados ou cancelar a sua subscrição.

Para saber mais leia a nossa Política de Privacidade.

artigos relacionados